quarta-feira, 25 de maio de 2016

NA SEXTA-FEIRA, 03 DE JUNHO DE 2016, PELA NATIVA FM, HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE SÃO LUIZ GONZAGA E AS BIOGRAFIA DE ALBERTO PASQUALINI, SÉRGIO JACARÉ E DR. JOÃO JACINTHO DE MENDONÇA!!!




NA SEXTA-FEIRA, 03 DE JUNHO DE 2016, PELA NATIVA FM, HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE SÃO LUIZ GONZAGA E DESTAQUE ÀS BIOGRAFIAS DE ALBERTO PASQUALINI, SÉRGIO JACARÉ E DR. JOÃO JACINTHO DE MENDONÇA!!!


****************************
“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
(HUMBERTO ECO, escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

****************************
“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”
(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).

*****************************

OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.
Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.
Na internet: www.nativafmpiratini.com.
TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.
PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/nativafmpiratini?fref=ts
PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/CANTO-DOS-Livres-843824719015240/

*******************
PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.

*******************

NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:

1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE SÃO LUIZ GONZAGA, RS;
2)A BIOGRAFIA DO POLÍTICO GAÚCHO ALBERTO PASQUALINI, EM ALUSÃO À  DATA DE 03/06/1960 QUE ASSINALA O SEU FALECIMENTO;
3) HOMENAGEM À MEMÓRIA DO POETA, COMPOSITOR E ESCRITOR LUIZ SÉRGIO METZ, CONHECIDO COMO SÉRGIO JACARÉ, NASCIDO EM SANTO ÂNGELO EM 1952 E FALECIDO EM PORTO ALEGRE, EM 20 DE JUNHO DE 1996, AOS QUARENTA E QUATRO ANOS DE IDADE;
4)A BIOGRAFIA DO DR. JOÃO JACINTHO DE MENDONÇA, SEGUNDO A OBRA “HOMENS ILUSTRES DO RIO GRANDE DO SUL” DE ACHYLLES PORTO ALEGRE (Porto Alegre: Livraria Selbach de J. R. da Fonseca & Cia., p. 94 a 95);
5)O POEMA “DESGARRADOS DO PAGO” DE CAO GUIMARÃES, MUSICADO EM RITMO DE TOADA PELO PRÓPRIO, EXTRAÍDO DO LIVRO DE LETRAS DO 4º REPONTE DA CANÇÃO CRIOULA, DE 04 A 06 DE MARÇO DE 1988, REALIZADO EM SÃO LOURENÇO DO SUL, RS;
 6) O CAUSO INÉDITO “PASQUALINI E MENEGHETTI”, ESCRITO E ADAPTADO POR JUAREZ MACHADO DE FARIAS A PARTIR DE RELATO COLHIDO NA LITERATURA ORAL DE PIRATINI, RS.


                        *************
EIS O POEMA:


“DESGARRADOS DO PAGO
(Autor: CAO GUIMARÃES)
          **********

Se me apartei do rebanho
Foi procurando encontra-lo,
E a todos pareço estranho
Pelo modo como falo.

Conto histórias de uma terra longe
Pra lá do rio Uruguai
Onde a vista alcança o horizonte
Dourado de seus trigais.

Me separei do Rio Grande
Foi numa errada de pealo,
Estradas que vejo adiante
Me afastam de meu cavalo.

Lembro glórias de uma brava gente,
Peleando pelos rincões
Encarando a morte, firme, de frente
Pra defender tradições.

Me desgarrei do meu pago
Mas trago minhas raízes,
Não me planto e não me estrago,
Não há lugares felizes.

E o Cruzeiro é minha estrela-guia,
Mostrando o rumo seguro
Na querência ainda serei um dia
O patrão de meu futuro.”



EIS O CAUSO:

“EIS O CAUSO:

“PASQUALINI E MENEGHETTI


Em 1954, o político trabalhista Alberto Pasqualini, do PTB (Partido Trabalhista Brasileiro) concorreu pela segunda vez ao governo do estado do Rio Grande do Sul, sendo derrotado por Ildo Meneghetti, candidato do PSD (Partido Social Democrático).
Num rincão do interior gaúcho, tinha uma mesa eleitoral que funcionava em uma escola e no dia dessa eleição, o movimento era grande já pela manhã.
Gente a cavalo, de carreta, carroça, faito, a pé se apresentavam com seus títulos eleitorais para votarem.
Era o tempo das cédulas de papel.
Um gaúcho grosso uma cosa por demais e bastante desconfiado, por sinal, estava na fila dos eleitores. Quando chegou sua vez, entrou na sala, meio tropicando, apresentou o título eleitoral, assinou a lista de votantes, recebeu a cédula do mesário e não enxergava onde ficava a cabine de votar.
- É ali, Seu Esmelindro! Ali no canto da sala onde tem aquele papelão. O senhor vote bem descansado que o voto é secreto.
Mas o gaúcho já estava bem nervoso, mais atrapalhado que sapo em cancha de bocha. Depois de votar, não achava a urna pra depositar a cédula. Saiu detrás da cabine e, o pior, a cédula estava aberta, não estava dobrada.
Então, um dos mesários, preocupado em garantir a inviolabilidade do voto, disse pro gaúcho:
- Passa a língua! Passa a língua!
Ele se referia a passar a língua na cédula para fechar melhor.
O gaúcho, meio surdo, entendeu errado: ouviu “PASSA A LÍNGUA” e entendeu “PASQUALINI.”
Então,  berrou:
- PASQUALINI COSA NENHUMA, TCHÊ! MENEGHETTI NO DURO!!!”



                                           *****************
*A IMAGEM (ACIMA) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://pampurbana.blogspot.com.br/2009/07/luiz-sergio-metz-o-jacare.html, ACESSO EM 25 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA SÉRGIO METZ, O JACARÉ.
**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://zonacurva.com.br/alberto-pasqualini-e-o-trabalhismo-como-unica-alternativa-viavel-de-esquerda-dentro-do-capitalismo/, ACESSO EM 25 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA ALBERTO PASQUALINI.
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://www.estacoesferroviarias.com.br/rs_sborja/fotos/sluiz02.jpg, ACESSO EM 25 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA ESTAÇÃO FERROVIÁRIA EM SÃO LUIZ GONZAGA, RS.
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM https://www.tripadvisor.com.br/Attraction_Review-g1599522-d7322370-Reviews-Praca_Jayme_Caetano_Braun-Sao_Luiz_Gonzaga_State_of_Rio_Grande_do_Sul.html, ACESSO EM 25 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA MONUMENTO DE JAYME CAETANO BRAU EM SÃO LUIZ GONZAGA, RS.
                                


terça-feira, 24 de maio de 2016

NA QUINTA-FEIRA, 02 DE JUNHO DE 2016, PELA NATIVA FM, HOMENAGEM À MEMÓRIA DE GIUSEPPE GARIBALDI!!!






NA QUINTA-FEIRA, 02 DE JUNHO DE 2016, PELA NATIVA FM, HOMENAGEM À MEMÓRIA DE GIUSEPPE GARIBALDI!!!


****************************
“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
(HUMBERTO ECO, escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

****************************
“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”
(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).

*****************************

OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.
Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.
Na internet: www.nativafmpiratini.com.
TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.
PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/nativafmpiratini?fref=ts
PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/CANTO-DOS-Livres-843824719015240/

*******************
PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.

*******************

NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:
1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE CACIQUE DOBLE, RS;
2)HOMENAGEM À MEMÓRIA DO REVOLUCIONÁRIO GIUSEPPE GARIBALDI, FALECIDO EM 02 DE JUNHO DE 1882, EM CAPRERA, NA ITÁLIA, E, TAMBÉM NESSE PAÍS, NASCIDO EM NICE, EM 04 DE JULHO DE 1807;
3)O POEMA “PETIÇO, ESTRADA E GURI” DE GILBERTO CARVALHO, MUSICADO EM RITMO DE MILONGA CANÇÃO, POR MARCO AURÉLIO VASCONCELLOS, EXTRAÍDO DO LIVRO DE LETRAS DA III TERTÚLIA MUSICAL NATIVISTA, DE 12 A 16 DE MAIO DE 1982, REALIZADO EM SANTA MARIA, RS;
 4) O CAUSO INÉDITO “NEGÓCIO DE CAVALO”, ESCRITO E ADAPTADO POR JUAREZ MACHADO DE FARIAS A PARTIR DE RELATO DE ROLANDO BOLDRIN EM SEU PROGRAMA “SR. BRASIL” PELA TV CULTURA DE SÃO PAULO.



                        *************
EIS O POEMA:


“PETIÇO, ESTRADA E GURI
(Autor: GILBERTO CARVALHO)
           ********

Do lombo do meu petiço,
Que na saudade ficou,
Me apeiei para o mundo
Quando a infância acabou.

À medida em que eu crescia
E novo rumo buscava,
Meu petiço se sumindo,
Dentro do tempo ficava.

Enquanto que os horizontes
E as estradas me acenavam,
O potreirito das casas
E a aguada lhe bastavam.

Enquanto de noite eu viajava
Nas estórias de galpões,
Ele, feliz em seu mundo,
Nem precisava ilusões.

Um dia, me fiz distância,
E o meu petiço ficou
Triste, costeando o alambrado
Que a liberdade enredou.

E agora aqui me interrogo
Quem de verdade cresceu:
- Ele que ficou petiço
Na grandeza do que é seu,
Ou eu que me fiz adulto
Pra um mundo que nem é meu???”

********************

EIS O CAUSO:

“NEGÓCIO DE CAVALO
(Autor: JUAREZ MACHADO DE FARIAS)

                       ***************

O fio do bigode é uma tradição dos gaúchos antigos. Dava-se um fio de bigode como garantia de um negócio, de um pagamento, de entrega de animais ou de um produto qualquer.
Pois naquele rincão distante da cidade, essa tradição ainda persistia pelo menos para aqueles gaúchos que se encontraram no bolicho da encruzilhada.
Um deles disse:
- Tchê, eu preciso demás comprar um cavalo e me disseram que tu tem um pra vender.
- E tenho mesmo!
- E é cavalo bom?
- Mas bueníssimio!
- É novo?
- É novo, cavalo de três anos!
-    E como é trote dele? Eu quero um cavalo de trote que nem de marchador que a minha coluna tá toda arrebentada!
- Mas te garanto que o meu cavalo parece uma rede de quatro patas.
E acertaram o negócio. Só baseado na conversa, o gaúcho interessado no cavalo, pagou, antecipadamente, e marcaram a data de entrega.
Quando foi entregue o animal, o gaúcho comprador montou e ficou encantado com o aspecto do cavalo: era bem manso, um tordilho-negro, pelo lustroso, o trote era mesmo de uma rede.
Mas ao olhar os dentes do animal, viu que ele não tinha o beiço de cima. E achou aquilo feio porque ficavam à mostra dois dentes do cavalo.
Então, reclamou:
- MAS, TCHÊ, O TEU CAVALO NÃO TEM UM BEIÇO?
E o gaúcho vendedor respondeu:   

   - MAS, TCHÊ, TU QUÉ É UM CAVALO PRA ANDÁ OU PRA ASSOBIÁ?”



                                                   **************

*A IMAGEM (ACIMA) ESTÁ DISPONÍVEL EM https://pt.wikipedia.org/wiki/Camisas-vermelhas, ACESSO EM 02 DE JUNHO DE 2016, E TEM A SEGUINTE LEGENDA: "Giuseppe Garibaldi, óleo sobre tela, Gerolamo Induno, 1870, Museo del Risorgimento".
**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://leitoresdepressivos.com/tag/anita-garibaldi/, ACESSO EM 02 DE JUNHO DE 2016, E REGISTRA   GIUSEPPE GARIBALDI.
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://goncalodecarvalho.blogspot.com.br/2012/09/garibaldi-e-guerra-dos-farrapos.html, ACESSO EM 24 DE MAIO DE 2016, E TEM A SEGUINTE LEGENDA: "GARIBALDI E ANITA - TELA DE GUIDO MONDIN".
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://caciquedoblers.com.br/veja_locais_das_provas.php, ACESSO EM 02 DE JUNHO DE 2016, E REGISTRA A PREFEITURA DE CACIQUE DOBLE, RS.





NA QUARTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2016, PELA NATIVA FM, UM POUCO DA REVOLUÇÃO DE 1923 E HOMENAGEM A CAXIAS DO SUL!!!





NA QUARTA-FEIRA, 1º DE JUNHO DE 2016, PELA NATIVA FM, UM POUCO DA REVOLUÇÃO DE MARAGATOS E CHIMANGOS E HOMENAGEM A CAXIAS DO SUL!!!

****************************

“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
(HUMBERTO ECO, escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

***********
“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”
(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).

*****************
OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.
Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.
Na internet: www.nativafmpiratini.com.
TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.
PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/nativafmpiratini?fref=ts
PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/CANTO-DOS-Livres-843824719015240/
*******************

PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.
***************


NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:

1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE CAXIAS DO SUL, RS;
2) ALUSÃO À DATA DE 1º DE JUNHO DE 1923 QUANDO ACONTECEU O COMBATE DA FAZENDA SANTA ROSA, ENTRE OS MUNICÍPIOS DE ROSÁRIO DO SUL E ALEGRETE, COM AS TROPAS GUERREIRAS MARAGATOS E CHIMANGOS, SEGUNDO A OBRA “TROPEANDO DATAS” DE OTÁVIO PEIXOTO DE MELO, O MARAGATO (Cachoeira do Sul: Editora Sul Cultura, 1997, p. 29);
3) UM POUCO DA HISTÓRIA DA REVOLUÇÃO ENTRE CHIMANGOS E MARAGATOS, SEGUNDO A OBRA “A BELA HISTÓRIA DO RIO GRANDE DO SUL PARA CRIANÇAS E ADOLESCENTES” DE ROBERTO FONSECA (Porto Alegre, RS: AGE, 2012, p. 68 e seguintes);
4) O CAUSO “O PORCO E O VEADO” DE SEJANES DORNELLES,  EXTRAÍDO DE SUA OBRA,  “CAUSOS DA QUERÊNCIA – Literatura Oral” (Caxias do Sul: Editora da Universidade de Caxias do Sul, 1988, 3ª edição, p. 65 a 66);
5) O POEMA “MEU VIOLÃO” DE CYRO GAVIÃO, DISPONÍVEL EM  http://www.juntandorimas.com/poesias/cyro/meuviolao.htm, ACESSO EM 24 DE MAIO DE 2016;
6)ALUSÃO À DATA DE 01/06/1827  QUANDO É FUNDADO  O JORNAL DIÁRIO DE PORTO ALEGRE, O PRIMEIRO VEÍCULO DE IMPRENSA DO GÊNERO EM NOSSO ESTADO.



                        *************

EIS O POEMA:


“MEU VIOLÃO
(AUTOR: CYRO GAVIÃO)

             ************

Em sua sabedoria,
Deus fez tudo como quis.
Moldando nosso País,
Fez do pago um pedestal...
E minha terra natal
- O pampa que se espreguiça-
Foi despertando a cobiça
De Espanha e de Portugal.

E, aqui chegando, pelearam,
Trazendo em mente a coroa.
Pisaram na terra boa,
Que despertava do sono...
Pensando sempre no trono,
Travaram luta fatal:
Aconteceu que, afinal,
A terra já tinha dono.

Foi assim que, escorraçados
- E até me parece pouco -
Voltaram, levando o troco
E lataria na cola...
Mas o que encanta e consola
É que ficou, nesta terra,
Como presa dessa guerra,
Uma guitarra espanhola.

Emigrando, pois, da Europa,
Perdeu-se pelo caminho,
Encontrando mais carinho
Nas porfias de galpão...
E, aqui, chamado violão,
Encantou as namoradas,
Despertando as madrugadas
E as prendas do meu rincão.

Eu também me enfeiticei
Nesse encantado troféu.
E rendo graças ao céu
Por me fazer compreendê-lo...
Parece o próprio modelo
Da mulher cintura fina,
Que, no meu peito, se inclina
Cheia de amor e desvelo.

Meu violão é confidente;
É fina jóia de Espanha.
Relíquia que me acompanha,
Que “não se empresta, nem vende”...
Na vida nada me prende,
Só duas coisas imploro:
Minha mulher qu’eu adoro
E esse violão que me entende.”






                                    *****************
*A IMAGEM (ACIMA) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://www.historiabrasileira.com/revolucao-federalista/maragatos/, ACESSO EM 24 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA    LÍDERES MARAGATOS.
**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://auxiliadora1976.blogspot.com.br/2009_10_01_archive.html, ACESSO EM 24 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA FOTOGRAFIA EM ACEGUÁ COM  A LEGENDA: "Grupo de Médicos Libertadores, em Aceguá, RS.".
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://auxiliadora1976.blogspot.com.br/2009_10_01_archive.html, ACESSO EM 24 DE MAIO DE 2016, E TEM A SEGUINTE LEGENDA: "REVOLUÇÃO DE 1923: BAGÉ. Da esquerda para a direita: Mena Barreto, Estácio Azambuja,

 Zeca Netto, Honório Lemes, Assis Brasil, Setembrino de 

Carvalho, Angelo Pinheiro Machado, Leonel Rocha, Felipe

 Portinho, Chiquenote Pereira, no pátio do Palacete de Pedro 
Osório, em Bagé, RS.".
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://angloin.comunidades.net/festa-da-uva-2014, ACESSO EM 24 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA  CHAFARIZ DE VINHO EM CAXIAS DO SUL, RS.

sábado, 21 de maio de 2016

NA TERÇA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM, A ORIGEM DO NOME DA RUA MANOEL LUIZ LUCAS EM PIRATINI, RS!!!







NA TERÇA-FEIRA, 31 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM, A ORIGEM DO NOME DA RUA MANOEL LUIZ LUCAS EM PIRATINI, RS!!!

                ****************************
“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
(HUMBERTO ECO, escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

                                    ***********
“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”
(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).

              *****************
OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.
Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.
Na internet: www.nativafmpiratini.com.
TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.
PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/nativafmpiratini?fref=ts
PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:
https://www.facebook.com/CANTO-DOS-Livres-843824719015240/
*******************
PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.
***************

NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:

1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE MUÇUM, RS;
2)A HISTÓRIA DO NOME DA RUA MANOEL LUIZ LUCAS, SITUADA NO BAIRRO PRINCESA ISABEL, PIRATINI, RS, SEGUNDO TEXTO DA PROFESSORA IRACEMA FERREIRA DUTRA, EXTRAÍDO DA OBRA DA PRÓPRIA AUTORA, “HISTÓRIA E MEMÓRIA DE PIRATINI – EM SEUS BAIRROS, RUAS, PRAÇAS E AVENIDAS” (PORTO ALEGRE: EDIÇÃO DO AUTOR, 2008, p. 244 a 247);
 3) O CAUSO CONTADO POR DALTRO BERTUSSI, INTITULADO “O FIO DO TELEFONE”,  ESCRITO E ADAPTADO POR LISANA BERTUSSI E PAULO BERTUSSI, EXTRAÍDO DA OBRA DESTES,  “CAUSOS DO BOI VOADOR”, COM ILUSTRAÇÕES DE SANTIAGO (Caxias do Sul: EDUCS, 1999, 2ª edição, p. 17 a 20 );
4) O POEMA “O GURI DA GAITA” DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS, DISPONÍVEL EM  http://www.juntandorimas.com/poesias/juarez/oguridagaita.htm, ACESSO EM 21 DE MAIO DE 2016;
5) ALUSÃO À DATA DE 31 DE MAIO DE 1872, QUANDO NASCEU GUERRA DUVAL;
6) ALUSÃO À DATA DE 31 DE MAIO DE 1894 QUANDO ACONTECEU O COMBATE DO RIO PELOTAS (BARRACÃO, RS) E NO ARRIO FARROUPILHA DURANTE A REVOLUÇÃO FEDERALISTA (1893) SEGUNDO A OBRA "TROPEANDO DATAS" DE OTÁVIO PEIXOTO DE MELO, O MARAGATO (Cachoeira do Sul: Sul Cultura, 1997, p. 29).

  
                        *************
Eis o poema:


“O GURI DA GAITA
(Autor:  JUAREZ MACHADO DE FARIAS)
                *************

A minha infância residiu
Na costa do arroio,
Na costa do rio.

Meu arroio Barrocão
Se derramava em canção
Pra morrer no Camaquã...

Cada grito de tahã
Meu ouvido de guri
Escutava cada som:
água, vento, bem-te-vi...

Calhandras, quantas calhandras
Beliscavam nos varais,
E copiavam outros cantos
Dos ninhos nos matagais.

O rádio grande da sala
Trazia os sons da cidade;
E os programas regionais
Esta musicalidade
Que se traduz em violão,
Cordeonitas de botão,
Trova e declamação,
Sentimentos de saudade...

Eu só queria uma gaita,
Uma gaitinha-de-boca,
Pra tocar uma valsinha,
Com aquela vozinha rouca.

Que aquele som cativasse
Cada ouvido em que chegasse.
E que alguém, num jeito taita,
Por graça, me apelidasse
Só assim: “Guri da Gaita”.

Quando a gaitinha chegou
Enrolada e misteriosa
No mais soturno do bolso
Da bombacha do meu pai,
Eu abri o maior sorriso,
Que outro igual não me sai.

E de vereda colei
Meus lábios aos lábios dela,
Feito um príncipe que beija,
Com amor, sua donzela.

Fui tirando uma marquinha,
Treinando a respiração,
E nuns três ou quatro dias
Tocava até vaneirão.

Mas meu pai, num outro dia,
Me trouxe um acordeon
De oitenta baixos e disse:
“Isto pra ti é que é bom!”

“Gaita-de-boca é pra louco
Que esmola em rodoviária!”
E eu guardei minha gaitinha
Com sua voz solitária...

Mudei-me – como faz tempo! –,
Deixei o arroio e o rio.
Mas não mudei minha alma,
Muito menos meu feitio.

Quem me olhar bem nos meus olhos,
Enxergará lá no fundo,
Aquele “Guri da Gaita”
Que só pedia pro mundo
Uma gaitinha-de-boca
- “Pode ser piquinininha” –
Que tocasse com voz rouca
Ao menos uma valsinha...”






                                               **************

*A IMAGEM (ACIMA) REGISTRA FOTOGRAFIA DAS PÁGINAS DA OBRA "HISTÓRIA E MEMÓRIA DE PIRATINI EM SEUS BAIRROS, RUAS, PRAÇAS E AVENIDAS" DA PROFESSORA IRACEMA FERREIRA DUTRA ONDE SE VÊ A FOTOGRAFIA DE MANOEL LUIZ LUCAS QUE DÁ NOME A UMA RUA NO BAIRRO PRINCESA ISABEL EM PIRATINI, RS.
**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://alunosonline.uol.com.br/historia-do-brasil/revolucao-federalista-guerra-civil-gaucha.htm E REGISTRA "Tropa de Cândido Dulcídio Pereira, em terras paranaenses, durante a Revolução Federalista (1893)."
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://mapio.net/a/14331884/, ACESSO EM 21 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA      PONTE RODO-FERROVIÁRIA EM MUÇUM, RS.
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://www.ferias.tur.br/fotos/7890/mucum-rs.html, ACESSO EM 21 DE MAIO DE 2016, E REGISTRA CASARÃO ÀS MARGENS DA FOZ DO RIO GUAPORÉ, MUÇUM, RS.