sexta-feira, 29 de abril de 2016

NA QUARTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM, HOMENAGEM À MEMÓRIA DE PAULO RUSCHEL!!!







NA QUARTA-FEIRA, 11 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM,  HOMENAGEM À MEMÓRIA DE PAULO RUSCHEL!!!

                         ****************************

“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
                   (HUMBERTO ECO,  escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

                                               ***********

“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”

(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).
*****************                        

OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.

Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.

TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.

PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:

PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:

                       *******************

PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.
***************
NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:

1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE VENÂNCIO AIRES, RS;
2)A BIOGRAFIA DE FERREIRA VIANA, NASCIDO EM 11 DE MAIO DE 1833, SEGUNDO A OBRA “HOMENS ILUSTRES DO RIO GRANDE DO SUL” DE ACHYLLES PORTO ALEGRE (Porto Alegre: Livraria Selbach de J. R. da Fonseca & Cia., 1917, p. 98 a 100);
3) HOMENAGEM À MEMÓRIA DO ARTISTA MÚLTIPLO PAULO RUSCHEL, NASCIDO EM 11 DE MAIO DE 1919 E FALECIDO EM 06 DE JUNHO DE 1974;
4) O CAUSO “UM VELHO, MUITO VELHO” DE ELTON BARBOSA, EXTRAÍDO DE SUA OBRA “NA HORA DO MATE – Contos Gauchescos” (Pelotas: Editora e Gráfica Princesa, 2008, p. 35);
5)O POEMA “RONDA DE TROPA” DE UBIRAJARA RAFFO CONSTANT, DISPONÍVEL EM http://www.juntandorimas.com/poesias/ubirajaraconstant/rondadetropa.htm, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016.

                *************
Eis o poema em destaque:

“RONDA DE TROPA
(Autor: UBIRAJARA RAFFO CONSTANT)
                 ************
Venâncio Arruda noite alta ronda a tropa
Que tem por pouso o estirão de um corredor;
Seu pensamento anda lá pela distância
Repontado pela ânsia de bem pronto regressar;
Que sua esposa, amiga, namorada,
Se encontra embaraçada e o filho já p’ra chegar.
Não sabe ele que lá longe em seu ranchito,
Rincão do Arroio Bonito para onde em mente se conduz,
Com céu e pampa ao mesmo brilho,
Para seu primeiro filho
Sua patroa deu a luz.
E enquanto a noite crioula
Serena tranqueando vai,
Nesse fundão de grota,
Venâncio Arruda, peão de tropa,
Não sabe que já é pai.

O nhanduvai não teria o cerne forte
Se não tivesse a seiva p’ra raiz
Mas por mais pobre que nasça uma criança
Sempre os pais tem a esperança
Em dar-lhe um mundo feliz.

Parece até que a natureza sabe disso
E bem por certo é que por isso
Toda em sons se acendeu...
Digamos, ficou seresteira
Homenageando a mãe campeira
E a criança que nasceu.

E a lua cheia, lá de cima do infinito,
Achou isso tão bonito
Luzindo brilhante véu...
E feliz, serena e tão alva,
Acenou para a estrela d’alva
Que também sorriu no céu.”

                   **********
*A IMAGEM (ACIMA): FOTOGRAFIA  CREDITADA A JUAREZ MACHADO DE FARIAS E RETRATA A PÁGINA 23 DA OBRA “SOM DO SUL – A História da Música do Rio Grande do Sul no Século XX” DE HENRIQUE MANN (Porto Alegre: Tchê!, 2002, p. 23) E RETRATA PAULO RUSCHEL COM INEZITA BARROSO.DISPONÍVEL EM http://juarezmachadodefarias.blogspot.com.br/2015/04/nesta-segunda-feira-pela-nativa-fm_26.html, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016.

**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM   http://www.jornalnh.com.br/_conteudo/2014/11/blogs/entretenimento/abc_do_gaucho/101836-classificadas-para-a-38-california-da-cancao.html, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA O TROFÉU MÁXIMO DA CALIFÓRNIA DA CANÇÃO NATIVA DE URUGUAIANA, OBRA CRIADA POR PAULO RUSCHEL.
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://br.distanciacidades.com/distancia-de-venancio-aires-a-roca-sales, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA PÓRTICO DA CIDADE DE VENÂNCIO AIRES, RS.
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM https://pt.wikipedia.org/wiki/Ven%C3%A2ncio_Aires, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA IGREJA DE SÃO SEBASTIÃO MÁRTIR EM VENÂNCIO AIRES, RS.

NA TERÇA-FEIRA, 10 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM, HOMENAGEM À MEMÓRIA DO PADRE PAULO ARIPE!!!







NA TERÇA-FEIRA, 10 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM,  HOMENAGEM À MEMÓRIA DO PADRE PAULO ARIPE!!!

                         ****************************
“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
         (HUMBERTO ECO,  escritor, filósofo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

                                               ***********

“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”

(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).
*****************                        

OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.

Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.

TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.

PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:

PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:

                       *******************

PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.
***************
NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:

1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE LAGOA VERMELHA, RS;
2)A BIOGRAFIA DO GENERAL MANUEL LUÍS OSÓRIO, NASCIDO EM 10 DE MAIO DE 1808, SEGUNDO A OBRA “HOMENS ILUSTRES DO RIO GRANDE DO SUL” DE ACHYLLES PORTO ALEGRE (Porto Alegre: Livraria Selbach de J. R. da Fonseca & Cia., 1917, p. 104 a 109);
3) HOMENAGEM À MEMÓRIA DO PADRE PAULO ARIPE, FALECIDO EM 10 DE MAIO DE 2008;
4) O CAUSO “O VELÓRIO DOS TRÊS CAIXÕES” DE ANTONIO AUGUSTO FAGUNDES, EXTRAÍDO DE SUA OBRA “OS MELHORES CAUSOS DE GALPÃO” (Porto Alegre: Martins Livreiro-Editor, 2001, p. 95 a 96);
5)HOMENAGEM À MEMÓRIA DO MÚSICO E COMPOSITOR BASÍLIO CONCEIÇÃO, NASCIDO EM 10 DE MAIO DE 1953;
6) O POEMA “POR QUE OS PADRES NÃO CASAM” DO PADRE PAULO ARIPE.

                *************
Eis o poema em destaque:

“PORQUE OS PADRES NÃO CASAM
AUTOR: PADRE PAULO ARIPE ("POTRILHO")
         ******************

Muitas vezes na campanha,
Eu ouvi da gauchada
Esta pergunta curiosa,
Caborteira, enluarada:
Mas por que os padres não casam?
Não tem mulher? Filharada?

Esta pergunta merece
Uma resposta completa
Que enfrene a curiosidade
Num galope cancha reta.
Pois vou responder em versos,
Sem pretensão de ser poeta.

Se o padre não se acolhera,
(é solteirito no más)
Não é por ter aversão
Ao prazer que a vida traz,
Ou por pensar que as mulheres
São crias do satanás.

O sacerdote não sofre
Nenhuma anormalidade,
Não é por ser "inocente"
Que ele abraça a castidade;
O padre é um homem completo,
BEM HOMEM, barbaridade!...

Nem Cristo, eterno tropeiro,
Proibiu esposa aos padres:
São Pedro, seu capataz,
Pois tinha sogra e comadres...
Até hoje, lá no Oriente,
Inda se casam os frades.

A lei do padre solteiro
Veio do Papa somente
Exigindo o celibato
Para o clero do Ocidente
E por razões bombachudas,
De fato é mais conveniente:

A família é uma paróquia
Que exige amor e atenções,
Exige o tempo do esposo
E o padre se vê aos tirões.
Pra ter família e paróquia
Só tendo dois corações.

Se o padre atende à família,
Deixa a paróquia de lado.
Não pode estar sempre às ordens,
Nem pronto a qualquer chamado:
Um dia, a mulher faz anos...
No outro, é um filho pesteado...

E se a família do Padre
Rebenta o freio e buçal?
Um filho sai calaveira?
A mulher perde a moral?
Ou a filhinha do Padre
Foge com um lindo bagual?...

Admito que no futuro
Se ordenem homens casados
Que dediquem certo tempo
Para o trabalho sagrado
Enquanto o padre solteiro
Dê o tempo integralizado.

Se o povo truca e retruca
Sustentar padre solteiro,
Gritaria vale quatro
Contra as despesas, parceiro,
Dos filhos, mulher e netos,
Escola, fogão, roupeiro...

Mais as receitas do médico,
Festança, jóias, retovo,
Casamentos, aniversários,
Viagens, brindes do ano novo...
Se a mulher do padre é fina,
Adeus, guaiaca do povo...

O padre é um baú repleto
De problemas (coisa louca!...).
O povo, na confissão,
Despeja tudo em voz rouca,
Pois tem certeza que o padre
Bota cadeado na boca.

E o Padre "flocha" o matambre,
Mas não destampa um segredo,
Mas ele, tendo mulher,
Já deixa o povo com medo.
Não foi assim que Dalila
Colocou Sansão no enredo?...

Um outro "baita" motivo
Do padre viver solito
É que ele tem alma grande,
Suspira pelo infinito,
Não pode se contentar
Com a mulher e um ranchito.

Coração sacerdotal
Não tem fronteira no amor,
Não tem cerca nem mangueira,
É campo sem corredor.
Ama a Deus e o mundo inteiro,
Ama o santo e o pecador.

Ama a criança, ama o velho,
O peão e seu senhor;
Ama o feio, ama o bonito,
Não despreza raça ou cor;
Ama os homens e as mulheres
Num único e santo amor.

Ama, pois, o mundo inteiro,
Com ternura paternal.
Não tem exclusividade,
Não se amarra a um ser mortal,
Para se dar de corpo e alma
Neste amor universal.

Padre não é mais dono
De seu próprio coração,
Renuncia ao matrimônio,
Mas por livre decisão,
Para se dar totalmente
A Deus, eterno patrão.

Se esta tropa de razões,
Parceiro, não lhe bastou,
Respondo mais um brasino
Que do lote se apartou:
é bom que o padre não case:
JESUS TAMBÉM NÃO CASOU.”
                                       *************
*A IMAGEM (ACIMA) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://blogdojonesdiniz.blogspot.com.br/2008/05/adeus-ao-padre-potrilho.html, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA O PADRE PAULO ARIPE.
**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://www.fegaucha.com.br/missa.htm, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA O PADRE PAULO ARIPE.
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPÓNÍVEL EM http://quemdisse.com.br/frase.asp?frase=98337, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA O GENERAL OSÓRIO.
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM https://portoimagem.wordpress.com/2011/11/03/imagens-areas-de-passeio-e-lazer-publicas-em-variados-locais/lagoa-vermelha/, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA PAISAGEM DA CIDADE DE LAGOA VERMELHA, RS.

NA SEGUNDA-FEIRA, 09 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM, A ORIGEM DO NOME DA RUA HUBERTO MACHADO DA SILVEIRA EM PIRATINI!!!









NA SEGUNDA-FEIRA, 09 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM,  A ORIGEM DO NOME DA RUA HUBERTO MACHADO DA SILVEIRA EM PIRATINI, RS!!!

                         ****************************

“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
                   (HUMBERTO ECO,  escritor, filófo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

                                               ***********

“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”

(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).
*****************                        

OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.

Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.

TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.

PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:

PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:

                       *******************

PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.
***************
NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:

1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE CASEIROS, RS;
2)A ORIGEM DO NOME DA RUA HUBERTO MACHADO DA SILVEIRA SEGUNDO A OBRA "HISTÓRIA E MEMÓRIA DE PIRATINI EM SEUS BAIRROS, RUAS, PRAÇAS E AVENIDAS" DA PROFESSORA IRACEMA FERREIRA DUTRA (Porto Alegre: Edição da Autora, 2008, p. 183 a 184);
3) O CAUSO INÉDITO “SE VIRE, SEU SIZENANDO!”, ESCRITO E ADAPTADO POR JUAREZ MACHADO DE FARIAS A PARTIR DE RELATO DO ILUSTRE ADVOGADO E DECLAMADOR PIRATINIENSE JOÃO JOSÉ DE OLIVEIRA MARTINS;
4) O POEMA “SOU GAÚCHO” DE JOSÉ HILÁRIO RETAMOZO MUSICADO EM RITMO DE CHAMAMÉ POR PEDRO DIRLEI CHAVES, EXTRAÍDO DO LIVRO DE LETRAS DA 1ª VERTENTE DA CANÇÃO NATIVA DE PIRATINI, FESTIVAL DE MÚSICA REALIZADO NOS DIAS 18, 19 E 20 DE DEZEMBRO DE 1987 (p. 20).

                *************
Eis o poema em destaque:

“SOU GAÚCHO
(Autor: JOSÉ HILÁRIO RETAMOZO)
           ***********

De botas e bombacha, voa o lenço
tatalando amarrado ao meu pescoço,
é longa a estrada e o Rio Grande é imenso
e eu tenho à frente o meu destino moço.

Na cabeça, queimando, em alvoroço
a grandeza de tudo quanto penso
e ao trote de meu flete os pagos ouço
com a confiança de que a tudo venço.

Tenho a fibra dos bravos, não me agacho,
tenho orgulho de ser tal qual eu sou!
Ninguém me dobra a espinha e o penacho,
esta herança me vem do meu avô.

De botas e bombacha sou mais rico
de que o rei das Arábias, e o meu luxo
é que as minhas razões não modifico
fui feito puro cerne - sou gaúcho!"

                      **************
Eis o causo:

"- SE VIRE, SEU SIZENANDO!!!
 (ESCRITO E ADAPTADO POR JUAREZ MACHADO DE FARIAS A PARTIR DE RELATO DO ILUSTRE ADVOGADO E DECLAMADOR PIRATINIENSE JOÃO JOSÉ DE OLIVEIRA MARTINS)
                                     **************
            Este causo me foi contado pelo ilustre advogado e declamador piratiniense JOÃO JOSÉ DE OLIVEIRA MARTINS e eu tomo a liberdade de mudar o nome do personagem  central pois se trata de um fato verídico.
            O Sizenando, um gaúcho de origem muito humilde e muito trabalhador morava nas cercanias daquela pequena cidade interiorana e, com sua carroça, trafegava pelas ruas centrais e periféricas, transportando mercadorias para seu consumo e mesmo sua produção agrícola.
            Numa linda manhã de primavera, ele andava mais uma vez em sua carroça puxada por dois cavalos sempre gordos e muito bem cuidados. Levava uma carga de milho do seu cercado para pagamento ao dono da lavoura, conforme trato verbal de parceria.
            Mas quando avistou, na esquina, o Bar do Anacleto, o Sizenando resolveu descansar os cavalos. Parou a carroça bem na frente do estabelecimento comercial, tapeou o chapéu na testa, deu buenas e foi se chegando pro balcão.
            Havia ali outros conhecidos que o convidaram prum trago de cachaça e, entre um copo e outro da “branquinha”, o Sizenando véio – que, aliás, era, por sinal, muito brabo e gostava de uma canha – foi se emborrachando.
            E os cavalos, lá fora, presos à carroça, esperando o carroceiro.
            Bueno, três horas depois, o Sizenando já tava na última de bêbado. E resolveu seguir viagem. Saiu meio tropicando do Bar, nem sei como conseguiu chegar até a carroça e, ao invés de subir na parte da frente, entrou por trás e ficou de costas pros cavalos.
            Quando se sentou no  banco e não viu a parelha de puxadores, deu um baita berro:
- ROUBARAM MEUS CAVALOS! MAS QUEM FOI O DESGRAÇADO QUE ME FEZ ESSA PRESEPADA?
Os que estavam no Bar chegaram pra porta, olharam aquela cena e, sabendo que o homem era muito  brabo, nem fizeram brincadeira, só diziam:
- SE VIRE, SEU SIZENANDO!
Ou seja, diziam pra ele virar o corpo dentro da carroça pra enxergar os cavalos, e, ele, não entendendo aquele “se vire”, deu um berro:
- SE VIRE QUEM ROUBOU OS MEUS CAVALOS QUE AGORA ELE VAI VER SÓ!!!"



                                                         ****************
*A IMAGEM (ACIMA) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://juarezmachadodefarias.blogspot.com.br/2014/12/piratini-da-rua-clara-ate-fonte.html, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA  TRECHO DA RUA BENTO GONÇALVES - ANTIGA RUA CLARA - NO CENTRO HISTÓRICO DE PIRATINI, RS.
**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) É CREDITADA A JUAREZ MACHADO DE FARIAS REGISTRA PÁGINA 183 DO LIVRO "HISTÓRIA E MEMÓRIA DE PIRATINI EM SEUS BAIRROS, RUAS, PRAÇAS E AVENIDAS" DE IRACEMA FERREIRA DUTRA ONDE SE VÊ A FOTOGRAFIA DO EX-PREFEITO HUBERTO MACHADO DA SILVEIRA.
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM https://www.flickr.com/photos/alessandroliveira/918001013- CREDITADA A ALESSANDRO OLIVEIRA, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA PARTE DA FACHADA DO PRÉDIO DA PREFEITURA DE PIRATINI, RS.  
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM https://www.facebook.com/132419140278662/photos/a.364915010362406.1073742067.132419140278662/364915077029066/?type=3&theater, ACESSO EM 29 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA  PROJETO DE LEITURA NO MUNICÍPIO DE CASEIROS, RS. 

quinta-feira, 28 de abril de 2016

NA SEXTA-FEIRA, 06 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM, HOMENAGEM À MEMÓRIA DE DOMINGOS JOSÉ DE ALMEIDA!!!








NA SEXTA-FEIRA, 06 DE MAIO DE 2016, PELA NATIVA FM,  HOMENAGEM À MEMÓRIA DE DOMINGOS JOSÉ DE ALMEIDA!!!

                         ****************************

“Se a memória é a alma, diminuir muito a memória é diminuir muito a alma.”
                   (HUMBERTO ECO,  escritor, filófo, semiólogo, linguista e bibliófilo italiano de fama internacional, 1932-2016)

                                               ***********

“Nenhum povo é dono do seu destino, se antes não é dono de sua cultura.”

(JOSÉ MARTÍ - Havana, 28 de janeiro de 1853 — Dos Ríos, 19 de maio de 1895 - político, pensador, jornalista, filósofo, poeta e maçom cubano).
*****************                        

OUÇA O PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES”, de segunda-feira à sexta-feira, das 05h às 07h30min.

Sintonize no seu rádio a NATIVA FM – FM 93.9.

TELEFONE (53)3257-1204.
WHATSAPP (53)9192-1844.

PARTICIPE DA PÁGINA DA RÁDIO NO FACEBOOK:

PARTICIPE DA PÁGINA DO PROGRAMA “CANTO DOS LIVRES” NO FACEBOOK:

                       *******************

PRODUÇÃO E APRESENTAÇÃO AO VIVO DE JUAREZ MACHADO DE FARIAS.
***************
NESTA EDIÇÃO, ALÉM DE MÚSICA, POESIA, RONCOS DE MATE, VOZES DE AVES NATIVAS E OUTRAS ATRAÇÕES, TEREMOS:

1)HOMENAGEM AO MUNICÍPIO DE PALMEIRA DAS MISSÕES, RS;
2)HOMENAGEM À MEMÓRIA DE DOMINGOS JOSÉ DE ALMEIDA, FALECIDO EM 06 DE MAIO DE 1871;
3) O CAUSO INÉDITO “O BARBEIRO CAPRICHOSO”, ESCRITO E ADAPTADO POR JUAREZ MACHADO DE FARIAS A PARTIR DE RELATO DE ROLANDO BOLDRIN EM SEU PROGRAMA “SR. BRASIL” PELA TV CULTURA DE SÃO PAULO;
4) ALUSÃO À DATA DE 06 DE MAIO DE 1923 QUANDO ACONTECEU O COMBATE DO CERRO DA PALMA NA DIVISA DE CACHOEIRA DO SUL E ENCRUZILHADA DO SUL NA GUERRA ENTRE MARAGATOS E CHIMANGOS SEGUNDO A OBRA “TROPEANDO DATAS” DE OTÁVIO PEIXOTO DE MELO, O MARAGATO (Cachoeira do Sul: Sul Cultura, 1997, p. 25);
5) A BIOGRAFIA DE LOURENÇO LANGENDONCK, NASCIDO EM 06 DE MAIO DE 1861 EM TAQUARI, RS, SEGUNDO A OBRA “HOMENS ILUSTRES DO RIO GRANDE DO SUL” DE ACHYLLES PORTO ALEGRE (Porto Alegre: Livraria Selbach de J. R. da Fonseca & Cia., 1917, p. 100 a 101);
6) O POEMA “MARAGATO LOUCO” DE JOSÉ HILÁRIO RETAMOZO, DISPONÍVEL EM http://www.juntandorimas.com/poesias/josehilario/maragatolouco.htm, ACESSO EM 28 DE ABRIL DE 2016.

                *************
Eis o poema em destaque:

“MARAGATO LOUCO
(Autor: JOSÉ HILÁRIO AYALA RETAMOZO)
             ***********
Andava de pago em pago
teimando em querer um lenço,
mas diz que mais colorado
do que boca de sangria.
Assim, o pobre do Chico
bebia por seu capricho,
louqueando a falar sozinho.

Aos domingos, no bolicho,
a uma ponta do balcão,
olhava a todos com olhos
de quem vê, não a figura,
porém alma e coração.

Os olhos vendo mais longe,
nas distâncias encardidas
que a vontade por desejo
faz a memória gravar.

Às vezes, o pobre Chico
louqueava que era o chefete
de grande revolução.
Uma tala de coqueiro
fazia às vezes de espada
e ele imitava arrancadas
e cargas e rechaçadas
volteando a espada na mão.

Depois, parava bem quieto,
olhar surrado e aflito,
a mão nervosa estendida
fazendo gestos no ar.
Rompia então em soluços
e gritos desesperados:
- "E o lenço dos colorados?
E o lenço dos colorados?
Eu quero um lenço pra mim,
que é pra levá-lo ao pescoço
quando chegar o meu fim!"

Mas ninguém ligava ao Chico
nem seus pedidos ouvia.
Assim, o pobre vivia
cercado por todo mundo,
mas dentro dele solito,
pois que seu mundo era o sonho
de ter um lenço encarnado
que nem boca de sangria.

Uma feita... era domingo,
havia grande carreira
- gaúchos de toda parte
e chinas do vizindário.
E no meio dessa gente
veio até um "mala-cabeza"
- castelhano calavera
fugido de comissário.

Parou na ponta da cancha
meio solito o paisano,
pois pra quem anda fugido
até um olhar distraído
parece perseguição.
Estava pronto pra tudo
- o pingo preso das rédeas
e a faca junto da mão.

O pobre do Chico louco
andava de ponta a ponta,
pedindo a todos que via
o sonho de seus desejos,
que era um lenço colorado
que nem boca de sangria.

O pobre do Chico pedia,
mas ninguém sabia dar.
Foi chegando para o lado
donde estava o castelhano.
Chegou, bateu-lhe nas costas
e ao querer pedir o lenço,
a faca do castelhano cortou-lhe
a voz e a garganta
e o Chico rolou no chão.

De costas, olhos vidrados
e a mão direita crispada
sobre o lenço imaginário
que o louco tanto queria.
Até parece mentira
o que nos reserva a sorte:

- O Chico encontrando a morte
teve o lenço que sonhou...
O sangue quando jorrou
do louco assim degolado,
jorrando vermelho e morno,
em seu pescoço o contorno
riscou, de um lenço encarnado.”

                   *****************

 Eis o causo:


                      "O BARBEIRO CAPRICHOSO
(Escrito e adaptado por JUAREZ MACHADO DE FARIAS a partir de relato de ROLANDO BOLDRIN em seu programa "SR. BRASIL" pela TV CULTURA de SÃO PAULO.)
                            ***************
Havia numa pequena cidade um barbeiro muito caprichoso, todo orgulhoso de sua profissão, de sua vasta clientela. Até em domingo de manhã, a sua barbearia ficava lotada.
E ele tinha uma mania ao fazer a barba dos clientes: depois que passava a navalha, tirava dum copo d’água uma bolinha de plástico e pedia pro cliente colocar na boca. Colocava a bolinha num lado do rosto, pro barbeiro poder escanhoar melhor a barba. Quando ele aprontava um lado, dizia pro cliente:
- O outro lado, por favor!
E os clientes já estavam acostumados com aquela mania, afinal era pra fazer uma barba com perfeição.
Certa feita, apareceu um gaúcho de outras bandas. Todo bem vestido, à gaúcha, bota brilhando, chapéu novo. Pediu para fazer a barba, quando o barbeiro terminou de passar a navalha, o gaúcho achou que já estava pronto e quis sair da cadeira mas o barbeiro disse:
- Senhor, espere um pouco, por favor.
E pegando do copo d’água a bolinha de plástico pediu que ele a colocasse num dos lados da boca.
O gaúcho achou aquilo meio estranho mas entendeu que era um método profissional e fez a vontade do barbeiro.
Quando o barbeiro escanhoou a barba dum lado, disse pro gaúcho:
- Por favor, o outro lado.
Terminado o serviço, o gaúcho levantou-se da cadeira, pagou o barbeiro, e, quando já estava saindo, voltou e perguntou:
- Meu senhor, não acontece de alguém engolir a bolinha?
E o barbeiro, bem sério, respondeu:               
- Acontecê, acontece mas aqui todo mundo é honesto:  no outro dias eles devórvi a bolinha."


                                *******************
*A IMAGEM (ACIMA) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://pu3yka.com.br/Pelotas/regiaocentral/imagens/praca/_praca1.htm, ACESSO EM 28 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA MONUMENTO A DOMINGOS JOSÉ DE ALMEIDA NA PRAÇA CORONEL PEDRO OSÓRIO EM PELOTAS, RS.
**A IMAGEM (SEGUNDA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://www.ferias.tur.br/fotos/7935/palmeira-das-missoes-rs.html, ACESSO EM 28 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA MONUMENTO AO SOLDADO PÉ-NO-CHÃO EM PALMEIRA DAS MISSÕES, RS. 
***A IMAGEM (TERCEIRA DE CIMA PARA BAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM http://www2.al.rs.gov.br/memorial/PesquisasHist%C3%B3ricasPrimeiraLegislatura/tabid/3464/language/pt-BR/Default.aspx, ACESSO EM 28 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA DOMINGOS JOSÉ DE ALMEIDA.
****A IMAGEM (ABAIXO) ESTÁ DISPONÍVEL EM https://pt.wikipedia.org/wiki/Palmeira_das_Miss%C3%B5es, ACESSO EM 28 DE ABRIL DE 2016, E REGISTRA IGREJA EM PALMEIRA DAS MISSÕES, RS.